Património Cultural Monumental

Casa da Borralha, capela e jardim envolvente

Ponto de interesse acessível

O Palácio da Borralha destaca-se na região pela sua arquitetura e jardins! Este edifício do século XIX que pertenceu aos Condes da Borralha veio substituir uma construção do século XVI sobre a qual não se tem qualquer informação. Ainda hoje de propriedade privada, o acesso ao edifício é feito através de um portão de feição neoclássica que rasga o muro e nos coloca diante da imponente fachada do edifício. A mesma apresenta três pisos e cinco panos, três deles a terminar em frontão triangular, estando patente no central a pedra de armas da família, provavelmente reaproveitada da construção anterior. Para além das janelas em sacada do edifício, as mansardas permitem contemplar o jardim com diversas espécies de árvores de grande porte, lagos e uma gruta artificial, que podem ser percorridos por vários trilhos. A escadaria que nos conduz da receção aos pisos superiores apresenta um rodapé de azulejos de figuração historicista, executados em 1905 na fábrica J. A. Santos, em Coimbra. O edifício tem ainda anexa uma capela neomedieval, com janelas em ogiva e uma torre prismática com coruchéu, mas cujo recheio artístico não corresponde ao original.

Áreas Classificadas

  • Monumento de Interesse Público

Horário de funcionamento

Apenas para eventos

Contactos

Palácio da Borralha
(+351) 911 538 589

Veja também

Atividades Disponíveis

Eventos

Serviços nas imediações

Alojamento Turístico

Restaurantes

Cafés/Bares

Estabelecimentos Comerciais

Serviços de Saúde

Localização do Ponto de Interesse

Rua Conde Caldeira, Borralha, Águeda

Como chegar

Autocarro:
Serviço interurbano a partir de Águeda (Transdev)

Comboio:
Estação de Águeda (a 2,4km)

Localização do Ponto

Como chegar

Autocarro:
Serviço interurbano a partir de Águeda (Transdev)

Comboio:
Estação de Águeda (a 2,4km)

Cookies

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência de navegação. Ao utilizar o portal, concorda com a utilização de cookies. Ler mais